☎️ (51) 3311-6513

🏢 Rua Ramiro Barcelos, 1172 Conjunto 203/204 -Porto Alegre

Saiba Mais sobre:

Plástica Ocular

Plástica Palpebral:

(Blefaroplastia )

Para se submeter a esta cirurgia você deve estar em dia com seus exames oftalmológicos, particularmente no que se refere ao uso de óculos, lentes de contato, à capacidade de seu organismo produzir lágrimas e quanto a moléstias oculares como glaucoma e descolamento de retina. As informações médicas solicitadas pelo seu cirurgião, bem como sua idade e seu tipo de pele, ajudarão vocês a chegarem a uma decisão conjunta sobre a técnica cirúrgica e a necessidade de operar tanto as pálpebras inferiores quanto as superiores. O cirurgião lhe fornecerá instruções pré e pós-operatórias, inclusive quanto à alimentação e medicamentos que devem ser tomados ou evitados. Lembre-se de que o cumprimento das instruções tem grande influência no sucesso da cirurgia.

Para se submeter a esta cirurgia você deve estar em dia com seus exames oftalmológicos, particularmente no que se refere ao uso de óculos, lentes de contato, à capacidade de seu organismo produzir lágrimas e quanto a moléstias oculares como glaucoma e descolamento de retina. As informações médicas solicitadas pelo seu cirurgião, bem como sua idade e seu tipo de pele, ajudarão vocês a chegarem a uma decisão conjunta sobre a técnica cirúrgica e a necessidade de operar tanto as pálpebras inferiores quanto as superiores. O cirurgião lhe fornecerá instruções pré e pós-operatórias, inclusive quanto à alimentação e medicamentos que devem ser tomados ou evitados. Lembre-se de que o cumprimento das instruções tem grande influência no sucesso da cirurgia.

A gordura, juntamente com o excesso de pele e músculo, é removida

Na blefaroplastia transconjuntival não há remoção de pele e músculos.

As incisões são marcadas seguindo as dobras naturais das pálpebras.

Concluída a cirurgia, o cirurgião aplicará uma leve camada de pomada oftalmológica com antibiótico e, provavelmente, protegerá a in-cisão com um fino curativo do tipo micropore. Dependendo da quantidade de tecido re-movida poderá haver necessidade de internação por algumas horas. Depois que receber alta alguém deverá levar você de volta para casa e, nos primeiros dias, você poderá precisar também de ajuda caso necessite sair de casa.

Ao passar o efeito da anestesia, algumas pessoas sentem os olhos apertados e ligeiramente doloridos. Dependendo da rotina de seu médico, poderão ser prescritas medicações como analgésicos e/ou antiinflamatórios, colírio e pomada. Para diminuir o edema e a formação de hematomas pós-cirúrgicos, os médicos geralmente recomendam a colocação de compressa de gelo sobre os olhos.

Enquanto não retirar os pontos, você não deverá carregar peso, fazer exercícios físicos, tomar banho de piscina ou permanecer em lugares quentes e abafados. Após vinte e quatro horas, você poderá lavar o rosto, enxugando-o delicadamente sem esfregar a pele próxima à cirurgia. Não há restrições quanto ao uso de óculos.

Seu médico lhe informará as atividades e locais que você deverá evitar e acompanhará seu progresso nas duas primeiras semanas. Entre dois e oito dias após a cirurgia, os pontos são removidos, de acordo com o programa de seu médico e os hematomas e a descoloração em volta dos olhos desaparecerão gradualmente. Dependendo da sua cicatrização, o médico poderá, então, autorizar o uso de maquiagem para disfarçar os hematomas remanescentes. Mas, você deverá ter cuidado especial ao removê-la. Entre duas semanas e um mês sua aparência ficará muito melhor. Geralmente, as pessoas voltam ao trabalho dentro de uma semana a dez dias. Os óculos escuros poderão ajudar você a se sentir mais à vontade em público.


(Após a cirurgia, as pálpebras superiores caídas e as bolsas sob os olhos são eliminadas)

 

Os resultados positivos da cirurgia são quase imediatos, mas as cicatrizes poderão permanecer levemente rosadas nos seis primeiros meses e desaparecerão gradualmente até tornarem-se praticamente invisíveis. Os resultados da sua cirurgia plástica palpebral poderão fazer com que você pareça mais jovem durante muitos anos. Se você quer parecer tão bem quanto se sente, pergunte ao seu médico se a cirurgia aplica-se ao seu problema.

BOTOX

Para se submeter a esta cirurgia você deve estar em dia com seus exames oftalmológicos, particularmente no que se refere ao uso de óculos, lentes de contato, à capacidade de seu organismo produzir lágrimas e quanto a moléstias oculares como glaucoma e descolamento de retina. As informações médicas solicitadas pelo seu cirurgião, bem como sua idade e seu tipo de pele, ajudarão vocês a chegarem a uma decisão conjunta sobre a técnica cirúrgica e a necessidade de operar tanto as pálpebras inferiores quanto as superiores. O cirurgião lhe fornecerá instruções pré e pós-operatórias, inclusive quanto à alimentação e medicamentos que devem ser tomados ou evitados. Lembre-se de que o cumprimento das instruções tem grande influência no sucesso da cirurgia.

Você poderá retornar às atividades normais logo após o procedimento. É provável que lhe seja recomendado o uso de compressas de gelo e que você não se deite durante as primeiras duas horas. O tratamento inicial começa a apresentar resultados dentro de três a cinco dias, completa-se dentro de duas semanas e dura de quatro a seis meses. A medida que o efeito da Toxina Botulínica se dissipa, as rugas começam a reaparecer. Mas, provavelmente, elas não serão tão profundas quanto antes.

 

Durante o primeiro ano, recomenda-se a repetição do tratamento a cada três ou quatro meses a fim de que os músculos permaneçam inativos e se consiga a aparência desejada.

 

Depois de ter se submetido ao tratamento algumas vezes, você precisará repetí-lo apenas a cada seis ou sete meses ou quando notar algum movimento dos músculos. Com o tempo, a inatividade dos músculos ajudará você a perder o hábito de franzir a testa ou as sombrancelhas prolongando os efeitos do tratamento e reduzindo o reaparecimento de rugas.

Poderá ocorrer apenas um pequeno hematoma temporário em torno da área tratada e, raramente, a agulha poderá atingir algum vaso sanguíneo ocasionando um ponto azulado no local, o qual desaparecerá em poucos dias. Esses efeitos podem ser cobertos com a maquiagem.

 

Alguns poucos pacientes apresentam uma discreta queda de sobrancelha ou de pálpebra por uma ou duas semanas e outros podem apresentar uma leve dor de cabeça temporária. Quando usada nas doses adequadas, a Toxina Botulínica é extremamente segura, pois não age sobre o sistema nervoso ou sobre o corpo mas, apenas, sobre os músculos e estes têm a capacidade de se regenerarem após a eliminação da toxina

Milhares de homens e mulheres em todo o mundo têm se beneficiado com os efeitos da Toxina Botulínica. Se você tem entre 30 e 60 anos de idade, boa saúde, boa flexibilidade muscular e expectativas realistas, o tratamento pode ser a resposta para manter sua aparência mais jovem e saudável por mais tempo.

 

Em alguns casos, as rugas não são causadas pela movimentação dos músculos faciais. Estes incluem traumas, cicatrizes e exposição excessiva ao sol. A Toxina Botulínica não se aplica a tais casos. Mulheres grávidas ou que estejam amamentando não podem se submeter ao tratamento. Portadores de certas moléstias neuromusculares podem não ser bons candidatos ao tratamento. O tratamento suaviza ou elimina as rugas existentes no terço superior da face. Seu uso no restante da face pode causar distorções no sorriso ou na fisionomia da pessoa.

 

Geralmente, as clínicas que realizam o tratamento proporcionam condições de pago-mento adequadas ao seu orçamento

Ficou alguma dúvida?

Deseja agendar uma consulta?

*Retornaremos assim que possível

Open chat