☎️ (51) 3311-6513

🏢 Rua Ramiro Barcelos, 1172 Conjunto 203/204 -Porto Alegre

Introdução:

A catarata é uma opacificação do cristalino, dificultando a chegada de luz à retina, onde se forma a imagem. A doença é mais comum após os 60 anos, embora possa ocorrer em pessoas mais jovens.

Depois de formada a catarata, a sua remoção cirúrgica pode ser através de técnica de facoemulsificação, seguida do implante de uma lente intra-ocular de material acrílico que é a melhor maneira de restaurar a boa visão. Não há medicamentos ou óculos que curem ou retardem a catarata.

Visão normal – A luz atravessa
a córnea e o cristalino e forma
a imgen na retina

Visão com catarata – O cristalino
opaco bloqueia a chegada dos
raios de luz à retina.

Após a cirurgia – A lente intra-ocular
substitui o cristalino embaçado
restaurando a boa visão.

O Procedimento:

(Facoemulsificação)

Após aplicação da anestesia e de leve sedação é feita uma pequena incisão de cerca de 2,5 mm na parte da frente do olho. Em seguida, é inserida uma micro sonda de ultra-som na cápsula que envolve o cristalino opaco. O cristalino é fragmentado em partículas e aspirado do olho pela sonda de ultra-som conectada ao facoemulsificador.

Depois, o cirurgião implanta uma lente intra-ocular em substituição ao cristalino opaco. Na maioria dos casos não são necessários pontos, pois a incisão se cicatriza pela pressão natural do olho.

Local onde ocorrerá a incisão para o implante da lente.

A lente comprometida é retirada.

Incisão do implante da lente.

Posicionamento da lente implantada.

Pós-Operatório:

Geralmente, após breve recuperação cirúrgica o paciente recebe alta e vai para casa onde poderá recuperar-se mais rapidamente. O retorno gradativo da visão inicia-se dentro de 24 horas conforme o organismo do paciente. Em alguns casos a visão começa a ficar nítida logo após a cirurgia.

Em poucos dias o paciente retorna às atividades do dia-a-dia de acordo com as instruções do cirurgião. A possibilidade de complicações, existente em toda cirurgia, porém não é frequente através da técnica de facoemulsificação.

Perguntas mais frequentes:

É a retirada do cristalino opacificado, que é substituído por uma lente intra-ocular visando a restauração da visão.

Quando a sua visão estiver causando problemas no dia-a-dia impedindo de realizar sua atividades habituais como leitura, dirigir, entre outras.

Sim. Os exames de sangue do diabético deverão estar controlados. Quando é realizada a cirurgia de catarata o glaucoma poderá ser controlado. É possível fazer as duas cirurgias simultaneamente. Converse com seu oftalmologista.

Não. A cirurgia é realizada com um aparelho que utiliza ultra-som para fragmentar a catarata.

Se você necessitar de cirurgia em ambos os olhos, ela será marcada para ocasiões diferentes. Você e seu médico decidirão qual o melhor período para realizar o 2º olho.

Geralmente não ocluímos o olho após a cirurgia, ficando a critério do médico.

Assim que estiver vendo com nitidez e estiver totalmente confortável você poderá começar a dirigir.

A recuperação da visão após a cirurgia varia em cada caso. Algumas pessoas melhoram a visão logo após a cirurgia. A visão pode ficar inicialmente um pouco embaçada devido ao processo de cicatrização, que deverá normalizar dentro de 30 dias.

Em torno de 30 dias seu óculos será prescrito, podendo ser orientado a usar um óculos provisório de imediato.

Se o principal problema de sua visão for catarata, após a cirurgia sua visão restabelecerá totalmente. Entretanto, em alguns casos é normal o uso de óculos para leitura, dirigir e algumas atividades

Não. Entretanto, meses ou anos após a cirurgia pode ocorrer uma opacificação da cápsula posterior, localizada atrás da lente intraocular, sendo tratado com aplicação do yag laser na clínica, não necessitando internamento.

Ficou alguma dúvida?

Deseja agendar uma consulta?

*Retornaremos assim que possível

Open chat